Lixo nos Oceanos

Loading...

O lixo básico de fim de feira e suas conseqüências nos ambientes marinhos.

É muito simples falar de poluição marinha, relacionando materiais sintéticos, a exemplo:
Plásticos. Um grande problema que pouco é discutido está relacionado com ás feiras livres, ou seja, em ruas das cidades. Você deve estar se perguntando. “Como assim uma simples feira, pode ocasionar danos aos ambientes marinhos?”
 Pare e pense!
Geralmente nestas feiras, os participantes das mesmas (vendedores e clientes), acabam jogando lixo nas ruas. Esses materiais em sua maioria são coletados pelos serviços de limpeza publica, mas olhe só!
Os materiais sempre vão ou são depositados fora da área que ás ruas são varridas e acabam parando em bueiros e conseqüentemente, chegam nos ambientes aquáticos, prejudicando á fauna e a flora. Muitos problemas estão relacionados a materiais plásticos, como: Asfixia inanição e estrangulamento, de animais destes ecossistemas. Ainda liberam Bisphenol A, que é cancerígeno e nos elos de consumo destes ecossistemas, estamos no topo da pirâmide, portanto estamos ingerindo e estamos expostos á compostos cancerígenos.


Uma possível solução, não demanda gastos públicos ou privados, mais sim educação e educar nossos futuros substitutos.


Vejam algumas fotos na qual tirei, em uma feira próxima a minha casa.











Até que ta mais ou menos, mas é porque ainda é cedo, depois de umas 4 horas de feira a coisa fica pior. Segunda dia 10 de Outubro, publicarei umas imagens de uma feira em Santo André. Aquela sim é muito suja.


2 comentários:

  1. Muito legal e importante este tema, deveria ser discutido em algumas escolas, na minha opinião. Parabéns...

    ResponderExcluir
  2. tudo cupa dos outros mais não de si propio.

    ResponderExcluir